25 de janeiro de 2010

Um drinque.

- Um drinque, por favor.
- Você é maior de idade?
- Sou.
- Pode me mostrar algum documento que comprove?
- Bom, é que eu acabei de ser assaltada e...
- Ah, sim, claro.
- É sério!
- Eu sei.
- Então vai me dá um drinque?
- Não.
- Por que não? Eu juro que fui assaltada. Eram dois, não, eram três homens enormes, e eles queriam me seqüestrar, mas eu estava muito desesperada, chorando e gritando demais e eles acharam que chamaria muita atenção, por isso só levaram minha carteira.
- Qual era a cor da camisa do homem mais alto?
- Azul.
- E do mais baixo?
- Azul também.
- Estavam todos de azul?
- Não, o do meio estava de branco.
- Mas não eram os três enormes?
- Eram, mas até o mais baixo era enorme em sua pequeneza.
- O mais alto devia ser muito grande então...
- Ele era gigantesco! Devia ter uns dois metros.
- Nossa, você deve ter ficado com muito medo.
- Por que você acha que eu quero um drinque?
- Não sei...
- Vamos lá, por que eu mentiria pra você?
- Pra conseguir um drinque?
- Não... Seduzir você seria mais fácil.
- E porque não me seduz?
- Porque eu prefiro os caras com namorada.
- Eu não posso ter uma namorada?
- Pode, mas não tem.
- Explique-se.
- Se você tivesse uma namorada, não estaria falando comigo esse tempo todo.
- Eu não posso ser um canalha?
- Pode, mas não é.
- ...
- Se você fosse um canalha, você tentaria me embebedar e...
- Te daria um drinque.
- Exatamente.
- Qual era mesmo a cor da camisa do cara que te assaltou?
- Azul.
- Não eram três?
- Você vai me dá o drinque ou não?
- Não.
- Idiota.
- Ei!
- O que é?
- Quer tomar um drinque comigo amanhã?
- Quero.
- Traga sua certidão de nascimento.

34 comentários:

Erica Ferro disse...

Seria uma cena engraçada de se ver, hein?

:*

gabriela m. disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk
mas o que é isso?
as pessoas estão cada dia mais paranoícas hahaha
adorei esse teu texto.
( tu mudou teu jeito de escrever há um tempo, e eu adorei essa nova fase )

bj

Marcel Hartmann disse...

HAHAHAHA adorei! seria legal de encenar isso. talvez com um pouco mais de texto e tal.

beijo

Andrey Brugger disse...

baseado em fatos reais!? ;D

hehe

beijoos..
Excelente demais, como sempre!

Dandara disse...

IHIHIHIH muito bom
eu sempre digo que pra mentir tem que mentir direito, sou mestra
adoraria fazer isso!

Dandara disse...

e lógico que pode usar como mantra.

Jéssica disse...

(eu concordo com a gabriela m)

HAHAHAHA adorei, e ao mesmo tempo me deixou com inveja e orgulhosa. com inveja porque eu sempre quis criar um diálogo rápido e prático assim, mas não conseguia, e orgulhosa porque você conseguiu e eu estou aqui, comentando, o que significa indiretamente que estou falando com você... ahhaha

enfim, adorei :**

César Fernández disse...

Muito bom, amor!
Parece o tipo de coisa que só acontece com você xD
mas espero que não aconteça mesmo u_ú

Antonio Sávio disse...

Parabéns pelo texto. Muito bom. Tenho a impressão que já estive por aqui.

Noubar Sarkissian Junior disse...

Adoro diálogos!
E esse está muito bom, cheio de inconsistências na fala da menor, o que a deixa tão grande quanto os motivos que a fazem buscar esse drinque.
Enfim, gostei bastante do modo como conduziu o texto!

Mais um imundo no mundo impuro. disse...

Muito bom mesmo, poderia muito bem ser representado numa esquete de teatro, caso não queira fazer você me deixa?

Abraços

zornshapesthevoid disse...

Bem bolado.

Márcio Vandré disse...

Engraçada cena, porém não típica!
Boa desenvoltura tu tens!
Um beijo!

James Pimentel disse...

Bem diferente essa cena. Coisa de filme mesmo.
Gostei e soltei gargalhadas aqui, rs!

Luciana disse...

Esse 'só sei que foi assim' ficou ótimo. Cena super bem bolada, digna de filme, talvez.

Ah, Nat, quem sabe ainda não cometa alguma doce loucura um dia, hein? xD

Beijo!

carla l. disse...

ele vai me rejeitar quando ver que estou prestes a fazer dezessete anos?

●๋• тнαi иαรciмєитσ disse...

hahahahahaa, adorei esse texto. Imaginei a situação todinha e me surpreendi com o final - esse tipo de texto é o meu favorito.

Parabéns*

Danilo Augusto disse...

Voltei sim, Veríssima

Mikaele Tavares disse...

kkkkk...gostei..fiquei impaciente pelo drinque..kkkk

Vital disse...

auiehiuahiuahiuah
gostei

Elizabeth disse...

concordo com cesar, parece coisa que acontece contigo, amiga!

Maria Rita disse...

haha! seria engraçado... aliás, sou mestra em dar mentira desse tipo (sem nem pensar antes) e sempre me quaase me ferrar.
Aconteceu algo parecido (?? ou não) com isso esses dias, fui na chopperia com minhas amigas e pedimos um chopp... A garçonete não queria vender, sorriu sarcástico e disse:
- Vocês são menores de idade?
Minha amigas sorriu de volta e disse:
-Somos! (alias, como a gente iria mentir com a nossa cara de 15/16 anos?)
Então a garçonete chamou o gerente, ele chegou, riu e disse:
- Você só não pode vender depois do décimo chopp... pra cada uma! ;)

Ah... Seria tão mais fácil se TODOS fossem assim!

Tiago Fagner disse...

hahahahah
Gostei muito também, parece uma das crônicas de cidade grande de Luis Fernando Veríssimo, adoro os textos dele!

Bjo, Nat!

lessblue disse...

ótimo diálogo :D

Charlie B. disse...

UAHAHAHU¹²³, menina que conversa mais leve e inteligene, quero um drink também! Fiquei pensando, será que é fato real? meso, rs.

Charlie B.

Uriálisson disse...

o que achei mais legal foi a capacidade de dedução dela diante as coisas,de advinhar se tinha namorada,se era canalha...engraçado e inteligente,iamginei uma cena de filme ai

Luciana disse...

concordo com cesar e beth, parece coisa que acontece com vc, uhahuauhahua. te amo ;*

Anne disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...
Como disse alguém aí em cima, foi engraçado e inteligente! Parabéns! ;D

Lucas Lima disse...

rsrsrs, adorei esta cena, rs
Já vivi cena semelhante com carteirinha de estudante, rsrs
bons dias

Alan C. disse...

Olha, daria uma ótima esquete. Quando eu puder encenar vou pedir seus direitos :P

Glauco Guimarães disse...

Porra Natalia. Porque vc nao escreve um desse pra eu desenhar???? hein hein?

Stella Rodrigues disse...

Muito bom rs

Sylvia Araujo disse...

hahahaha muito bom!

beijoca

@enni_smach disse...

HAHAHAHA eu fiquei procurando um ano pra achar seu blog. na verdade seis meses, eu não lembrava o endereço *---* to tõ feliz que achei ... *-----------------------------* melhor blog que eu conheço. SÉRIO.

Quem me segue (se perde comigo)