13 de novembro de 2009

Depois de desembaçar o espelho








Agora tudo que se ouve são ecos,
e tudo que resta da lágrima
é uma marca no rosto,
que também será varrida
com o suor frio de novembro.

21 comentários:

maria fernanda; disse...

Em novembro meu suor é quente.
E sinto bolo no meio do estômago.

Eloisa disse...

É, depois da tempestade temos que fazer faxina.

Alan Félix disse...

As vezes a marca nem fica na face, a lágrima mescla com o suor frio, tudo que resta é lavar a face num ritual de batismo.

Erica Ferro disse...

Depois não restará nada.

P.s: Muito útil teu comentário, eram palavras assim que eu queria ler. ;*

Marcelo Mayer disse...

morrer de amor no dia apagão não é uma boa idéia

Tiago Moralles disse...

Novembro é sempre triste.

Katrina disse...

Novembro não chega a ser pior que outubro

César Fernández disse...

:(

Mariana Andrade. disse...

enxuguei as minhas. mas só hoje. agosto agiu por seu próprio gosto e não se lembrou de mim. só agora, 3 meses depois, consegui me recompor.

Elizabeth disse...

gosto quando voce escreve coisas bonitas, mas gosto ainda mais quando são coisas bonitas e ALEGRES :)

te amo amiga :*

Erica Vittorazzi disse...

novembro não é pior que dezembro... e ele está chegando!!

Jéssica Trabuco disse...

Novembro já nos faz pensar nas mudanças que o ano novo vai trazer... nos faz pensar se em dezembro ainda dá pra fazer o nosso ano melhor.

Tudo passa ^^

Ela disse...

Minhas lágrimas secaram e as marcas que sobraram, deixo que se percam no suor quem vem junto com o calor de novembro.

:*

gabriela m. disse...

eu acho que tudo passa;

aah, eu acho esse template lindo, e paquero ele há muito tempo, mas ele é gaay demais ( não funciona em todos os navegadores ) aí eu desisti faz teeempo :)

Bê Matos disse...

Meu suor frio vem em janeiro.
Junto com as lembranças de um amor de verão.

:*

E.Suruba disse...

isso vai passar, sempre passa...espero

Rafael disse...

Eco!


...


(eco)

meus instantes e momentos disse...

o frio suor de sempre...
Ótimo post.
Maurizio

disse...

O pior pra mim é agosto. Em agosto tudo fica vazio frio e triste

Vinícius Remer disse...

Ah eu gostei mais do seu Layout, queria um assim pra mim... Enfim belas passagens para um momento pequeno, eternizado em tuas palavras...

Henrique disse...

O desejo comum de comer o fruto direto do cacho, de poder respirar e sentir a vida.

Devaneios proveitosos

Quem me segue (se perde comigo)