12 de março de 2009

...




















- mãããe, eu não quero fazer terapia!
- disso eu já sei, mas me dê um bom motivo para dizer não a algo que você nem conhece...
- eu acho que sou capaz de superar meus problemas sozinha.
- eu disse um bom motivo!
- e?
- bons motivos não começam com “eu acho”.
- ok. então me dê um bom motivo para eu fazer terapia...
- eu acho que você está se fechando cada vez mais para os outros.
- “você acha” não é um bom motivo!
- isso não conta quando quem acha é sua mãe.

Então, a partir de hoje, o blog fica aberto para comentários! Prova de que posso me abrir para os outros... [colocação estranha] ahm... posso ser menos fechada para os outros [agora sim!] sem terapia! (não posso?)


7 comentários:

Rodrigo Dias disse...

Oi guria que tem muitas coincidências comigo, tudo bem?

Primeiro, vamos ao comentário sobre o texto. É aquela coisa: mãe e pai são piores que clientes, porque eles sempre têm a razão - e se não tiverem, te mandam calar a boca. Mas um dia tem volta. Tu va fazer o mesmo com teus filhos. hehehe

Segudo, muito obrigado pelos elogios no meu blog. Apesar de não ser escrito pra ninguém, fico feliz que faça alguém gostar. =P

Com relação a ser jornalista, o que eu digo é o seguinte: se tu quer mesmo ser uma, vai em frente e não dá bola pro que os outros dizem. Se assim fizer, trocarás o curso pra qualquer outro que não esteja saturado.

É um mercado muito foda de se entrar, competitivo ao extremo e com muita gente querendo te passar a perna, mas isso não é só no jornalismo. O importante é fazer bem teu trabalho e se relacionar bem com todos, mesmo que tu não vá muito com a cara. Afinal, jornalismo são contatos.

E com relação à depressão por causa do desemprego... Se eu ficar deprimido, aí sim que não saio da merda. =P

Desculpa o baita comentário. =P

Rodrigo Dias disse...

Ah! E desculpe-me. Coloquei a conta errada. O endereço do meu blog é esse aqui. =P

André Felipe disse...

Sinceramente? Acho que tu precisa de uma terapia sim, e urgente! Tu quase me colocou doido semana passada! hehe.
Ks, zona minha. Tu podes sim resolver teus problemas sozinha, mas não o faça por orgulho... não há mal algum em receber ajuda.
Mas a decisão cabe apenas a ti! Claro, considere também a opinião da tua mãe, mesmo porque, se tu contrariar demais, ela pode cortar tua mesada! hehehe.
Beijão, flor.

Eduardo disse...

Vá para a direita! vá para a direita! que mais vc pode querer além de dinheiro, familia e educação? case com seu amor e ele entra na família, estude pra ganhar dinheiro e compre sonhos novos! HAUSHAUHSUAHUSHASHAUSHAUSHAU

a, só pora constar, eu faço terapia, é ótimo!
e adorei seu blos aberto pra comentários xD
beijosss!

Thiago disse...

mães sempre acham que têm razão, ou realmente tem! hahahahahaha

adorei os comentários abertos, mesmo.

Felipe Corrêa disse...

sinceramente, me diverti com esse texto :P. Segundo, meu pc tah consertado \o/. E terceiro, vc sabe o q eu penso a respeito das terapias... entaum... fiquei feliz em voltar a ler o q tu escreves, e a voltar a escrever tb.. bjaum

Anônimo disse...

Aprendi muito

Quem me segue (se perde comigo)