5 de abril de 2010

Eco-logia.

Eu falava e minha voz voltava
falava e minha voz voltava 
e minha voz voltava 
minha voz voltava 
voz voltava 
voltava.

11 comentários:

Jess disse...

Pelo menos tua voz não é como a minha, que falta
falta
falta
falta
falt
fal
fa
f
.

The Owl disse...

E que bom que você voltou.

Iaiá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
César Fernández disse...

que bonitinho (:

Maris Morgenstern disse...

se voltava.
então falava

Marcel Hartmann disse...

finalmente você voltou! :D
achei que tinha desaparecido da blogosfera.

fez a maior falta por aqui.
beijo!

Tiago Fagner disse...

Deus meu! Que falta me fizeram as tuas palavras moça. Que bom que a tua voz voltou! ^^

Erica Ferro disse...

Bicho, volte pra nós. Pensei que você tinha morrido. Credo!

:*

Uriálisson disse...

se volta,e volta,e volta...
eterno falar e ouvir,o próprio falar se torna escutar,o próprio ouvir se torna emitir.E mesmo que mudo fiquemos,por dentro ainda falamos,e sempre nos ouviremos

Sylvia Araujo disse...

ótimo!

beijo

Nasca disse...

e veja você que tudo isso não passa de uma prolongação da voz, dependendo da frase a gente até cansa de ouvir.. mas não de dizer :*

Quem me segue (se perde comigo)